domingo, 25 de junho de 2006


desenhe um domingo
abra o quarto dos brinquedos
traga sorrisos e os sons da chuva
junte-se aos segredos das formigas
ao vôo das libélulas
aos urubus que recortam as nuvens

porque ainda há tempo
porque ainda é nascente
a esperança ribeirinha de belém do pará

2 comentários:

Cláudio B. Carlos (CC) disse...

Oi Douglas!
Gostei.
Abraços do *CC*

tb disse...

Um poema de esperança. Gostei!
Beijos