domingo, 1 de outubro de 2006


este resto de prece
que agora deixo aos teus pés
agarra-o com fervor
é teu único caminho
tu, a quem a solidão mete medo
tu, que preferes crer
ao final não estares só
terrivelmente só

5 comentários:

Nanna disse...

É sempre melhor assim...

Beijos...

m.t disse...

[porque pra gente fraca
- de qual denominação
ninguém escapa -
Deus faz-se necessário
pra prever o itinerário
da ilusão]


muito bom!!

Claudio Eugenio Luz disse...

No final, até o maior descrente, caba acreditando.Jamais, só.

hábraços

Ivã Coelho disse...

É falsa a idéia de compartilhamento dos dias. Na verdade é sempre sozinho que caminhamos... quando caminhamos.

Belo e fundo.

Cláudio B. Carlos (CC) disse...

Gostei.