quinta-feira, 19 de abril de 2007


os homens do lado de lá

entristecem o sonho da margem de cá

e não rezam

e não sabem mais escutar a quietude

das águas,

pedintes de sol.

2 comentários:

sinnerandsaint disse...

E mulheres continuam em sua sublimidade de ser!

Beijos

Ivã Coelho disse...

Os homens sabem sempre muito pouca coisa por escutar muito pouco de tudo.

Abçs, poeta, sempre boas letras em suas moradas.